Exército americano mata 2 supostos insurgentes, fere 3 civis e dois soldados

Bagdá, 13 abr (EFE).- Dois supostos insurgentes morreram em um ataque do Exército dos Estados Unidos em Bagdá, no qual também ficaram feridos três civis iraquianos e dois soldados americanos, informou hoje o comando militar do país.

EFE |

Os civis e os dois militares ficaram feridos ontem em um ataque aéreo com mísseis, lançado contra quatro supostos rebeldes que estavam colocando vários artefatos explosivos no distrito de Novo Bagdá, na capital iraquiana.

Segundo um comunicado do Exército americano, um dos projéteis se desviou e caiu sobre um veículo militar do país, causando ferimentos a três civis e a dois militares.

O impacto de outro míssil matou dois dos supostos insurgentes e destruiu os explosivos que estavam colocando, enquanto os outros dois conseguiram fugir do ataque, que também causou incêndios em vários prédios próximos.

O porta-voz do Exército americano Bill Buckner explicou que foi aberta uma investigação para esclarecer as causas do erro, se desculpou pelo incidente e assegurou que os soldados tomam "todas as precauções possíveis" na hora de enfrentar o inimigo.

Por outro lado, um soldado americano ficou ferido hoje pela explosão de uma bomba à passagem de sua patrulha na região de Mahawil, 100 quilômetros ao sul de Bagdá, informaram fontes da Polícia Iraquiano.

Até o momento, o comando militar dos EUA não confirmou nem desmentiu o incidente.

Após a explosão, as tropas abriram fogo e mataram uma pessoa, detalharam as mesmas fontes. EFE am-ju-hh-ssa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG