Exército americano libertará 3.000 iraquianos durante o Ramadã

O Exército americano anunciou nesta sexta-feira que libertará 3.000 detentos das prisões iraquianas durante o mês de jejum muçulmano do Ramadã.

AFP |

"Durante o mês de Ramadã (a partir de 1º de setembro), as tropas da coalizão libertarão pelo menos 3.000 detentos. Com isso, em 1º de outubro já serão 15.000 os prisioneiros liberados desde o início do ano", afirma o comando americano em um comunicado.

Durante as últimas quatro semanas, o Exército americano prendeu uma média de 24 pessoas ao dia, liberando 67.

Durante o mesmo período de 2007, o número de detentos atingiu a marca recorde de 26.000. Atualmente são 19.000.

Os americanos administram duas prisões no Iraque, em Camp Cropper, perto do aeroporto de Bagdá, e Camp Bucca, perto de Basra, no sul do país.

kat/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG