Exército acha armas, drogar e US$ 5 milhões no noroeste do México

México, 24 mar (EFE).- Soldados mexicanos acharam armas, drogas e US$ 5,1 milhões em dinheiro vivo numa casa de Culiacán, a capital do estado de Sinaloa (noroeste), informou hoje a Secretaria de Defesa Nacional (Sedena).

EFE |

Além de 126 pacotes com notas em dólares de diferentes valores, os militares apreenderam 217 quilos de cocaína, sete armas de grosso calibre, outras três de pequeno, treze carregadores e 1.500 cartuchos de vários calibres.

Ainda segundo a Sedena, que não informou se houve detidos na operação, os soldados também confiscaram três caminhonetes.

O mais duro golpe contra o crime organizado do México foi desferido em 2007, quando agentes federais apreenderam US$ 205 milhões numa das casas do empresário sino-mexicano Zhenli Lee Ye Gon, detido nos EUA e acusado de tráfico de drogas.

Em outra operação nesta terça-feira, também em Culiacán, sede do Cartel de Sinaloa, um dos mais poderosos do país, os militares encontraram numa casa 67 pés de maconha de até 60 centímetros de altura.

Além disso, apreenderam três caminhonetes, dois quadriciclos, um quilo de maconha empacotada, três carregadores e três cartuchos calibre 9 milímetros. EFE gt/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG