Executivos de empresa americana são acusados de distribuir suborno no estrangeiro

Seis ex-executivos de uma empresa de engenharia da Califórnia foram acusados de pagar milhões de dólares em subornos a funcionários públicos e privados no exterior para obter contratos, informaram fontes judiciais nesta quarta-feira.

AFP |

Um comunicado do departamento de Justiça afirma que seis ex-funcionários de uma companhia do condado de Orange que produzia válvulas para usinas - incluindo centrais nucleares - pagaram subornos milionários para fechar negócios no estrangeiro entre 1998 e 2007.

Segundo a promotoria, estes seis executivos entregaram cerca de sete milhões de dólares em subornos aos encarregados das empresas no exterior para vencer licitações.

Entre os que receberam suborno estão funcionários de estatais de China, Coréia, Malásia e Emirados Árabes.

No total, os subornos foram pagos em cerca de 30 países e permitiram à empresa, cujo nome não foi revelado, fechar negócios totalizando 46,5 milhões de dólares.

Os ex-executivos foram acusados de formação de quadrilha e violação das leis sobre comércio internacional, e podem pegar mais de 5 anos de prisão.

pb/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG