Executivo de estatal chinesa é condenado à morte por corrupção

PEQUIM - O vice-presidente do conselho de administração da terceira maior produtora estatal chinesa de cobre foi condenado à morte por fraude envolvendo 41,25 milhões de iuanes (US$ 6 milhões) e por aceitar subornos, informou o diário oficial China Daily.

EFE |

Yu Weiping, vice-presidente do conselho de administração da Yunnan Copper Group, foi sentenciado por desviar dinheiro, aceitar US$ 4,26 milhões em subornos e por empregar US$ 3,8 milhões da companhia em empréstimos não autorizados a terceiros entre 2000 e 2007.

Segundo o Tribunal de Kunming, na província de Yunnan, responsável pela condenação, todo o dinheiro fraudado já foi recuperado.

    Leia tudo sobre: china

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG