Executam em Ohio a um homicida

Washington, 18 ago (FE).- Jason Getsy, que em 1995 foi condenado pelo homicídio de uma idosa, foi executado hoje com uma injeção letal em Ohio, informaram as autoridades penitenciárias.

EFE |

Na última sexta-feira, o governador do estado, Ted Strickland, rejeitou o pedido de clemência apresentado por Getsy, de 33 anos. A Suprema Corte também não aceitou o útimo recurso para tentar adiar a execução, formulado ontem.

A Junta de Libertação de Ohio havia recomendado ao governador aceitar o pedido de clemência do condenado. Mas Strickland disse que as provas contra Getsy eram fortes demais para que sua pena de morte fosse comutada.

Charles Serafino, filho da vítima de Getsy, Ann Serafino, assistiu à execução, no Instituto Correcional de Lucasville, no sul de Ohio.

O filho da vítima sobreviveu a sete tiros disparados por Getsy no ataque que matou a mãe.

Desde que a pena de morte foi restabelecida nos Estados Unidos, em 1976, mais de 7.470 pessoas foram condenadas à morte nos 38 estados, pelo menos 1.173 foram executadas e outras 3.295 estão à espera de execução. EFE jab/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG