Ex-ditador Bordaberry é condenado a 30 anos de prisão no Uruguai

Montevidéu, 10 fev (EFE).- A Justiça do Uruguai condenou hoje a 30 anos de prisão o ex-ditador Juan María Bordaberry pelo golpe de Estado que liderou em 1973 e por crimes envolvendo o desaparecimento e a morte de opositores.

EFE |

A juíza Mariana Motta condenou Bordaberry pelo crime de atentar contra a Constituição, dentro do golpe de Estado, e por ter sido co-autor das violações aos direitos humanos ocorridas durante sua gestão. EFE jf/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG