Ex-diretor da Nasdaq é detido por fraude de US$ 50 bi

A promotoria de Nova York e o FBI informaram nesta quinta-feira a prisão de Bernard Madoff, conselheiro de investimentos em Wall Street e ex-diretor da Nasdaq, acusado de ter montado uma enorme fraude, totalizando 50 bilhões de dólares.

AFP |

Bernard Madoff, 70 anos, poderá ser condenado a até 20 anos de prisão e a multa de 5 milhões de dólares se for considerado culpado por ter criado uma "pirâmide" financeira, destaca o comunicado do promotor Lev Dassin e do FBI.

Segundo o documento, Madoff revelou a seus funcionários da empresa "Bernard L. Madoff Investment Securities LLC" que havia criado uma companhia paralela ilegal e que acabou perdendo 50 bilhões de dólares com a enorme "pirâmide" financeira.

Madoff se entregou às autoridades após utilizar os 200 ou 300 milhões de dólares que lhe sobraram para pagar dívidas com "alguns funcionários, familiares e amigos".

A Nasdaq (Nacional Association of Securities Dealers Automated Quotations) é a segunda Bolsa de Nova York, depois do Stock Exchange, e concentra especialmente os papéis tecnológicos.

Leia mais sobre: Nasdaq

    Leia tudo sobre: atentadobalao

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG