Ex-detentos de prisão afegã de Bagram denunciam torturas e maus-tratos

Ex-detentos da prisão de Bagram, a mais importante base militar americana no Afeganistão, denunciaram ter sofrido inúmeros abusos, segundo uma investigação da BBC publicada nesta quarta-feira.

AFP |

Detidos em Bagram entre 2002 e 2008, estes ex-presos contaram à BBC que foram espancados, privados de sono e ameaçados com cães.

Os ex-presos eram suspeitos de pertencer à Al-Qaeda e aos talibãs, ou apoiá-los. Apesar de jamais terem sido formalmente indiciados, ou julgados, foram privados de sua liberdade, segundo a BBC.

O Pentágono negou as acusações e garantiu que todos os presos de Bagram foram tratados de forma humana. Um porta-voz do departamento da Defesa, o coronel Mark Wright, assegurou que as condições de detenção em Bagram respeitavam os critérios internacionai.

cyb/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG