Ex-comunistas vencem legislativas na Mongólia e oposição contesta

O Partido Popular Revolucionário Mongol (PPRM, antigo partido comunista) obteve maioria absoluta nas eleições legislativas de domingo na Mongólia, anunciou a comissão eleitoral, em um resultado contestado pela oposição democrata.

AFP |

O PPRM obteve 47 das 76 cadeiras do Grande Hural (Parlamento); o Partido dos Democratas, principal rival, conseguiu 26 e as últimas três ficaram com um candidato independente e dois partidos pequenos.

A comissão eleitoral considerou o pleito "honesto", mas o Partido dos Democratas da Mongólia denunciou uma fraude e pediu uma nova apuração.

"Estou profundamente entristecido de que estas eleições tenham sido roubadas. Foram roubadas e precisamos de uma nova apuração", afirmou o líder democrata Tsakhiagiin Elbegdorj.

str-ger/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG