Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Ex-combatentes da 1ª Guerra participam de cerimônia que relembra armistício

Londres - Os três únicos ex-combatentes vivos da 1ª Guerra Mundial lideraram hoje a cerimônia que aconteceu em Londres para recordar o armistício que acabou com a disputa.

EFE |

 

Bill Stone, de 108 anos, Harry Patch, de 110, e Henry Allingham, de 112, todos em cadeiras de rodas, foram conduzidos até o monumento em homenagem aos mortos na 1ª Guerra, que terminou há 90 anos, e depositaram coroas de flores.

Getty Images

Veteranos participam da cerimônia do armistício em Londres

Às 9h (horário de Brasília), os três ex-combatentes e os outros convidados, em sua maioria militares britânicos, respeitaram dois minutos de silêncio para recordarem a 11ª hora, do 11º dia, do 11º mês em que terminou o conflito.

Stone, Patch e Allingham participaram do evento representando a Marinha, o Exército e a Real Força Aérea britânica.

Na cerimônia foram recordados mais de um milhão de soldados britânicos e da Comunidade Britânica de Nações (Commonwealth) que morreram durante o conflito armado.

Por ocasião deste evento, o ministro da Defesa do Reino Unido, John Hutton, disse que "a 1ª Guerra Mundial devastou uma geração de homens e mulheres e deixou uma marca indelével no século XX".

"É importante para nós lembrar os sacrifícios realizados por uma geração valente e tentar pagar a dívida de gratidão que todos lhes devemos", declarou Hutton.

 

Leia tudo sobre: guerra

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG