Ex-chefe policial durante caso Jean Charles absolvido de outra polêmica

O ex-chefe da polícia londrina, Ian Blair, que teve o mandato marcado pela morte por erro do brasileiro Jean Charles de Menezes, foi inocentado num polêmico caso relativo à concessão de contratos públicos a um amigo, informou seu porta-voz nesta quarta-feira.

AFP |

Uma investigação independente realizada por agentes de outros dois corpos a pedido do organismo de controle da polícia (MPA) concluiu não existir "nenhum indício de que tivesse sido cometido um crime", acrescentou um porta-voz do MPA.

A investigação esteve centralizada nos lucrativos contratos em serviços de comunicação, no valor de três milhões de libras, feitos pela polícia londrina com a empresa Impact plus, de propriedade de um amigo de Blair.

Esta é apenas uma das últimas polêmicas que envolveram a administração de Blair, que se demitiu do cargo na Scotland Yard no final de 2008, depois de vários meses de críticas, principalmente pelo caso Jean Charles, um eletricista brasileiro morto pela polícia a tiros no metrô de Londres, depois de confundi-lo com um terrorista suicida, em julho de 2005.

Desde que deixou o cargo, Blair também foi criticado pelos altos salários recebidos.

ra/erl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG