Ex-chefe do TS paquistanês ataca juízes que substituíram colegas cassados

Islamabad, 25 mai (EFE).- O ex-chefe do Tribunal Supremo (TS) do Paquistão Iftikhar Chaudhry, que foi destituído pelo presidente Pervez Musharraf junto a outros magistrados em novembro de 2007, advertiu hoje aos juízes que o substituíram que eles serão castigados.

EFE |

Em um discurso perante uma convenção de advogados na cidade oriental de Faisalabad, Chaudhry lembrou que o TS proibiu qualquer magistrado de jurar seu cargo depois do estado de exceção proclamado por Musharraf no dia 3 de novembro do ano passado.

Segundo o canal "Geo TV", Chaudhry acusou os juízes que substituíram os antigos magistrados, considerados próximos a Musharraf, de violar a Constituição, e defendeu mais uma vez pela independência da alta judicatura.

As declarações do ex-chefe do TS, inflamado rival de Musharraf, acontecem um dia depois que o Partido Popular do Paquistão (PPP) anunciou que quer levar ao Parlamento um pacote de emendas constitucionais que diminuirá os poderes presidenciais. EFE igb-amp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG