Ex-chanceler russo diz que manobra naval no Caribe será aberta

Madri, 3 nov (EFE).- O ex-ministro de Assuntos Exteriores russo Igor Ivanov disse hoje que as manobras que a Marinha de seu país e a venezuelana efetuarão em breve no Caribe serão abertas à observação de todos e que portanto não se deve buscar algo escondido.

EFE |

Ivanov fez essas afirmações em declarações aos jornalistas após uma conferência hoje em Madri.

O diplomata também explicou que essas manobras ou "exercícios conjuntos" estavam programados.

As Marinhas de Rússia e Venezuela realizarão, pela primeira vez, exercícios navais conjuntos entre 10 e 14 de novembro no mar do Caribe. As manobras serão seguidas por uma visita do presidente russo, Dmitri Medvedev, que irá a Caracas a convite do chefe de Estado venezuelano, Hugo Chávez.

Na mesma conferência, o ex-chanceler defendeu hoje a assinatura de um tratado entre Rússia e EUA sobre desarmamento nuclear que, segundo ele, poderia ser acordada em uma cúpula já com o novo presidente eleito americano. EFE bal/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG