WASHINGON (Reuters) - O ex-pré-candidato democrata à Presidência dos EUA John Edwards admitiu ter tido um relacionamento extraconjugal com uma mulher que conheceu em 2006 num bar de Nova York, disse o canal ABC News citando uma entrevista a ser divulgada na noite de sexta-feira. De acordo com o site do canal, Edwards disse ao correspondente da ABC News Bob Woodruff que teve um caso com Rielle Hunter, de 44 anos, mas disse que não a amava.

A mulher posteriormente foi contratada por um comitê político de Edwards para produzir documentários, segundo o relato.

O ex-senador, de 55 anos, negou que seja o pai da filha de Rielle.

Edwards, cuja esposa, Elizabeth, sofre de um câncer incurável, abandonou a disputa democrata quando ficou claro que o processo estava polarizado entre Barack Obama e Hillary Clinton. Durante a campanha, negou rumores de que teria tido um romance extraconjugal.

Ele chegou a ser cotado como possível candidato a vice de Obama.

(Reportagem de Richard Cowan)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.