Ex-arcebispo argentino condenado a oito anos de prisão por abuso sexual

O ex-arcebispo da cidade argentina de Santa Fé (centro-leste), Edgardo Storni, foi condenado a oito anos de prisão por abuso sexual contra um seminarista em 1992, informou nesta quarta-feira uma fonte judicial.

AFP |

O ex-religioso cumprirá prisão domiciliar por ser maior de 70 anos.

Seu advogado, Eduardo Jautchen, apelou da decisão baseando-se no fato de que suspostamente foram registradas inúmeras violações das garantias constitucionais durante o processo.

ol/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG