Addario diz que ela tentou assassiná-lo - Mundo - iG" /

Ex-amante de Patrizia D Addario diz que ela tentou assassiná-lo

Roma, 29 jul (EFE).- Giuseppe Barba, ex-amante de Patrizia DAddario, a prostituta de luxo que assegura ter mantido relações sexuais com o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, denunciou que ela tentou assassiná-lo, informou hoje a imprensa local.

EFE |

Barba assegurou à Polícia que Patrizia tentou atacar com um carro a moto na qual ele viajava pela região de Bari, no sul da Italia, depois que sua mulher, Bernardina Murgolo, concedeu uma entrevista ao jornal "Gazzetta del Mezzogiorno", na qual acusou a prostituta de chantagear Berlusconi e advertiu que todos deviam desconfiar de suas afirmações.

Nesta entrevista, a esposa de Barba explicou que seu marido e Patrizia tinham sido amantes durante cinco anos.

O jornal "Corriere della Sera" informou hoje em sua edição digital que Barba foi detido no passado por uma denúncia de Patrizia, que o acusou de indução à prostituição e ameaças.

"Me denunciou e a acreditaram, porque essa mulher tem muitos amigos na delegacia e entre os juízes de Bari", disse Barba, que acrescentou que "essa mulher tem a obsessão por gravadores. Leva sempre e usa sempre. (...) Faz isso com todo mundo".

Patrizia acudiu hoje à Promotoria de Bari, onde, segundo a imprensa italiana, apresentou uma denúncia relacionada com as declarações da esposa de Barba, mas não quis esclarecer o motivo de sua visita. EFE ebp/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG