Los Angeles (EUA), 3 fev (EFE).- O ex-agente de Britney Spears Sam Lutfi abriu hoje um processo contra a cantora e seus pais, Jamie e Lynne, os acusando de difamação e quebra de contrato, informou a revista People.

"Jamie e Lynne lançaram uma campanha de mentiras e de intimidação arquitetada para destruir Lutfi e tirá-lo da vida de Britney", afirma os documentos do processo.

No texto, se assegura também que Lutfi foi forçado a recorrer à via judicial para se defender "dos persistentes ataques de Jamie e Lynne".

Na sexta-feira passada, o pai da cantora obteve uma nova ordem de afastamento contra Lutfi, a quem culpa de perseguir sua família.

O ex-agente de Britney assinalou que o livro publicado pela mãe da artista, "Through the Storm", danificou sua reputação ao fazer alusões a um suposto controle de Lutfi sobre a vida da cantora.

Segundo o ex-agente, as acusações são "mentiras e invenções".

O advogado de Lutfi, Bryan J. Freedman, comentou nesta terça-feira que há "evidências arrasadoras de testemunhas independentes" a favor da posição defendida por seu cliente. EFE fmx/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.