Evo Morales troca ministro de Hidrocarbonetos na Bolívia

LA PAZ (Reuters) - O presidente da Bolívia, Evo Morales, revelou de maneira surpreendente na segunda-feira que realocou o poderoso ministro de Hidrocarbonetos, Carlos Villegas, concedendo a ele um outro posto em seu gabinete, em uma recomposição governamental que ocorre em meio a um agudo conflito político em torno de uma nova Constituição. A mudança no gabinete de Morales atingiu os influentes ministros da área política, atualmente concentrados no manejo de um conflito entre a mudança constitucional impulsionada pelo governo e as autonomias que reclamam várias regiões controladas pela oposição de direita.

Reuters |

Villegas, que foi substituído pelo político governista Saúl Avalos, voltou a ocupar o cargo de ministro do Planejamento do Desenvolvimento, seu posto original no gabinete.

Trata-se da terceira recomposição da equipe de colaboradores de Morales em dois anos e meio de gestão.

Outras três mudanças atingiram os ministério da Saúde, Desenvolvimento Rural e Microempresa.

(Por Carlos Alberto Quiroga)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG