Evo Morales encerra Cúpula dos Povos

Com aplausos de milhares de pessoas, o presidente boliviano, Evo Morales, encerrou nesta sexta-feira na Praça 2 de maio de Lima a Cúpula dos Povos, fórum alternativo à reunião de mandatários da América Latina, Caribe e Europa. Rodeados por um grande aparato policial, que incluía caminhões com jatos de água, cavalos e cachorros, os manifestantes aplaudiram a chegada do líder boliviano, após espetáculos musicais de Cuba, Venezuela, Argentina e Peru.

AFP |

Morales disse estar "orgulhoso dos movimentos sociais". "Agora temos que fortalecê-los politicamente para enfrentar o império", continuou.

"Peru está com você, Chávez", gritavam os manifestantes. Apesar dos organizadores terem anunciado inicialmente a presença do presidente venezuelano, Hugo Chávez, no ato de fechamento, isso não ocorreu.

A Cúpula dos Povos foi encerrada na sexta-feira após se reunir durante quatro dias na Universidade Nacional de Engenharia, em Lima, com fortes críticas ao neoliberalismo e as empresas nacionais.

Estavam presentes no encontro delegados de associações campesinas e indígenas da Bolívia e Equador, assim como representantes da esquerda européia e de grupos ecologistas.

nn-mis/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG