Evo Morales e presidentes do Congresso abrem diálogo para pacificar a Bolívia

O presidente Evo Morales e os presidentes do Senado (oposição) e da Câmara dos Deputados (governista) concordaram em iniciar um diálogo para coordenar a aprovação da nova Constituição, que enfrenta resistência de cinco dos nove departamentos da Bolívia.

AFP |

Morales se reuniu com os presidentes do Senado, o opositor Oscar Ortiz, e dos Deputados, o governista Edmundo Novillo, que concordaram com a criação de comissões multipartidárias, depois do fracasso das conversações entre o chefe de Estado e quatro prefeitos (governadores) rebeldes.

A informação foi confirmada por Ortiz, presidente do Senado e líder do Podemos, principal partido de oposição.

O governo deseja aprovar a nova Carta Magna e espera que o Parlamento aprove este mês a lei de convocação do referendo para fevereiro de 2008, mas esbarra no fato de só controlar a Câmara do Deputados.

O novo diálogo deve começar depois de quatro semanas de conversações infrutíferas entre o presidente Morales e os prefeitos Rubén Costas (Santa Cruz), Savina Cuéllar (Chuquisaca), Mario Cossío (Tarija) e Ernesto Suárez (Beni).

Leia mais sobre: Bolívia

    Leia tudo sobre: bolívia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG