golpe civil na Bolívia - Mundo - iG" /

Evo Morales denuncia tentativa de golpe civil na Bolívia

O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou nesta quinta-feira que está em andamento uma tentativa de golpe civil contra a democracia, após os governadores de cinco departamentos convocarem protestos contra o governo em La Paz.

AFP |

Morales, que realiza uma visita oficial ao Irã, disse à agência estatal de notícias ABI que o bloqueio de estradas e a ocupação de escritórios do governo propostos pela oposição rebelde é uma tentativa de golpe.

"Agora tentam deflagrar um golpe civil tomando instituições", disse o presidente, boliviano, que retornará nas próximas horas a La Paz, após visitar Líbia e Irã, onde assinou acordos de integração econômica e energética.

Morales comparou as manifestações opositoras ao "levante armado contra a democracia de 17 de julho de 1980", liderado pelo general do Exército Luis García Meza, que está preso.

Os governadores rebeldes de Santa Cruz, Beni, Pando, Tarija e Chuquisaca decidiram na quarta-feira iniciar nas próximas horas bloqueios de estrada em seus departamentos, para rejeitar a nova Constituição e exigir o pagamento dos royalties do petróleo e gás.

Grupos opositores já ocupam várias repartições públicas nas cidades de Tarija, Trinidad e Cobija.

jac/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG