Evo Morales antecipa duro debate na Unasul por bases na Colômbia para EUA

O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse nesta segunda-feira que haverá um duro debate na Cúpula da Unasul, convocada em caráter extraordinário para analisar o impacto do uso de de bases militares colombianas pelos Estados Unidos.

AFP |

"Haverá um duro debate, não apenas por um país (Colômbia), e sim pela dignidade e soberania de toda a América do Sul", afirmou Morales.

O governo boliviano admitiu ainda que não há acordo entre os países sobre que posição assumir a respeito do acordo Colômbia-EUA, mas afirmou que "as chancelarias pode mavançar para buscar um acordo focado em frear qualquer base militar que haja na América do Sul".

Morales reiterou que "é impossível recomendar, aceitar que o presidente da Colômbia (Álvaro Uribe) instale bases militares na Colômbia", acrescentando que estas serão utilizadas pelos Estados Unidos para "conspirar" contra os países da região, como - segundo ele - fez o Comando Sul em Honduras.

A reunião da Unasul acontecerá no dia 28 de agosto em Bariloche, na Argentina.

jac/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG