Um eventual ataque em solo americano seria certamente planejado nas zonas tribais do Paquistão, onde Washington afirma ser o refúgio da Al-Qaeda, afirmou nesta terça-feira o chefe do Estado Maior conjunto americano, Almirante Michael Mullen.

"Acredito que um ataque aos Estados Unidos viria das zonas paquistanesas sob administração federal (Fata, Federally Admnistered Tribal Areas), especificadamente da Al-Qaeda", e "é uma ameaça que devemos administrar", disse.

Mullen também afirmou que o novo governo de Islamabad "reconhece o desafio" apresentado por essas áreas e o risco desses insurgentes cruzarem a fronteira com o Afeganistão, mas "o problema não irá se resolver da noite para o dia", acrescentou.

dab/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.