Eurozona tem maior taxa de desemprego em uma década

O índice de desemprego na Eurozona, integrada por 16 países, voltou a subir em maio e atingiu o maior nível em uma década, 9,5%.

AFP |

A taxa de desempregados foi de 9,3% em abril, segundo o instituto Eurostat, o que representa um aumento de 273.000 pessoas em um mês.

Segundo as estimativas, 15,01 milhões estavam sem emprego em maio de 2009 na zona euro.

Os menores índices de desemprego foram registrados na Holanda (3,2%) e Áustria (4,3%), enquanto a maior taxa foi registrada na Espanha (18,7%).

O governo espanhol informou nesta quinta-feira, no entanto, que o número de desempregados retrocedeu em junho pelo segundo mês consecutivo, com 55.250 pessoas a menos que em maio (-1,5%).

No conjunto da União Europeia, formada por 27 países, 8,9% da população ativa estava desempregada em maio, contra 8,7% em abril. Este foi o maior nível desde junho de 2005.

app/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG