O Produto Interno Bruto (PIB) da Eurozona, integrada por 16 países, registrará contração de 4,2% em 2009 e de 0,4% em 2010, informou nesta quarta-feira o Fundo Monetário Internacional (FMI), revisando fortemente em baixa as previsões anteriores.

O corte é substancial, já que há apenas um mês a instituição havia projetado que a economia da zona euro registraria uma contração de 3,2% este ano.

O FMI lamentou a falta de coordenação europeia para enfrentar a crise financeira e advertiu que a situação pode piorar, especialmente se os grandes bancos presentes em vários países europeus forem afetados por problemas mais graves.

No entanto, as previsões do Fundo mostram uma contração suave para 2010, de 0,4%.

app/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.