Europa vê na América Latina um sócio contra mudanças climáticas

LIMA (Reuters) - A Europa tenta transformar a América Latina em um parceiro privilegiado na luta contra as mudanças climáticas, afirmou na quarta-feira José Manuel Barroso, presidente da Comissão Européia. A declaração dele surgiu dois dias antes de uma cúpula dos dois blocos na qual devem ser tratados assuntos como o aquecimento global.

Reuters |

Barroso reuniu-se em Lima com o presidente peruano, Alan García, antes da Quinta Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da América Latina, do Caribe e da União Européia, que terá como dia central a sexta-feira.

'Nós gostaríamos muito de que esta cúpula encontrasse soluções concretas para a luta contra as mudanças climáticas', afirmou Barroso no Palácio de Governo do Peru.

'Queremos chegar ao ano de 2009 com um acordo global e queremos que a América Latina possa ser um dos nossos parceiros privilegiados nisso. Nós acreditamos na multilateralidade. Para problemas globais, precisamos ter soluções globais', acrescentou.

(Reportagem de María Luisa Palomino)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG