LIMA (Reuters) - A Europa tenta transformar a América Latina em um parceiro privilegiado na luta contra as mudanças climáticas, afirmou na quarta-feira José Manuel Barroso, presidente da Comissão Européia. A declaração dele surgiu dois dias antes de uma cúpula dos dois blocos na qual devem ser tratados assuntos como o aquecimento global.

Barroso reuniu-se em Lima com o presidente peruano, Alan García, antes da Quinta Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da América Latina, do Caribe e da União Européia, que terá como dia central a sexta-feira.

'Nós gostaríamos muito de que esta cúpula encontrasse soluções concretas para a luta contra as mudanças climáticas', afirmou Barroso no Palácio de Governo do Peru.

'Queremos chegar ao ano de 2009 com um acordo global e queremos que a América Latina possa ser um dos nossos parceiros privilegiados nisso. Nós acreditamos na multilateralidade. Para problemas globais, precisamos ter soluções globais', acrescentou.

(Reportagem de María Luisa Palomino)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.