Europa libera 75% de seu espaço aéreo

Um quarto do espaço aéreo da Europa ainda apresenta restrições ao tráfico aéreo por causa da erupção do vulcão na geleira de Eyjafjallajoekull, na Islândia, declarou nesta terça-feira a Eurocontrol, a agência europeia de aviação. Quase 75% da área total do continente não sofre mais restrições, afirmou a agência.

BBC Brasil |

Os países e regiões em que o espaço aéreo está liberado são Portugal, Espanha, Bélgica, Bulgária, República Tcheca, Hungria, Itália, o sul da França, Grécia, Grã-Bretanha, Holanda, Noruega, Polônia, Romênia, o norte da Suécia, Suíça, Turquia e Ucrânia.

Voos já partiram de Paris, Amsterdã, Frankfurt e Londres, mas os espaços aéreos de Alemanha e Irlanda continuam com restrições.

'Ensaio'
A Eurocontrol disse esperar que mais da metade dos cerca de 27.500 voos diários europeus ocorressem nesta terça-feira.

O órgão disse que espera que a situação no tráfico aéreo europeu se normalize dentro de alguns dias. Mas com mais de 95 mil voos cancelados na Europa desde a semana passada, pode levar semanas para transportar todos os passageiros afetados.

Cientistas dizem que o vulcão na geleira de Eyjafjallajoekull passou a produzir mais lava e que a nuvem de cinzas estava diminuindo, embora as condições possam mudar.

No entanto, o presidente da Islândia, Olafur Grimsson, disse acreditar que a crise atual possa ser um "pequeno ensaio" de uma maior que está por vir.

"O que temos visto agora é de fato um pequeno ensaio do que poderia acontecer. Não digo se, mas quando o Katla entrará em erupção", disse ele referindo-se a um vulcão bem maior do que o de Ejafjallajoekull, que costuma entrar em erupção uma vez a cada século.

A última vez que o Katla entrou em erupção foi em 1918.

"Acredito que está na hora de os governos europeus e autoridades do setor aeronáutico no continente e no mundo, começarem a se planejar para a erupção do Katla", completou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG