Europa enfrenta um fim de semana glacial

A Europa continuava mergulhada neste sábado num frio glacial e violentas nevascas que provocam importantes perturbações nos transportes, principalmente na Alemanha e na França.

AFP |

Na Alemanha, as condições meteorológicas estiveram a ponto de causar um grave acidente na noite de sexta-feira no aeroporto de Nuremberg (sudoeste). Um avião da companhia Air Berlin, com destino a Dusseldorf (oeste), saiu da pista antes de decolar e ficou bloqueado pela neve.

Os 145 passageiros e seis membros da tripulação saíram ilesos, mas o tráfego aéreo ficou fechado por mais de duas horas.

No aeroporto de Frankfurt (oeste), o terceiro da Europa, 216 voos foram suspensos no sábado por causa das tempestades de neve, apesar de a situação ter melhorado no meio do dia.

A agência de defesa civil alemã aconselhou a população a se abastecer de alimentos e medicamentos para três ou quatro dias e não sair de casa.

Por seu lado, a França despertou sob a neve, com um manto branco cobrindo grande parte do país.

O tráfego ferroviário, rodoviário e aéreo se encontram muito prejudicados e, no sudeste do país, onde na véspera as nevascas foram severas, cerca de 7.000 famílias continuam sem eletricidade.

Boa parte do território espanhol continuava em estado de alerta devido aos riscos de ventos, neve e baixas temperaturas, enquanto que as regiões mais afetadas eram o norte do país.

Na Grã-Bretanha, epicentro das dificuldades climáticas, a situação parecia mais tranquila neste sábado, apesar de serem esperadas novas nevascas, especialmente na região leste do país.

A Bélgica sofreu com as primeiras nevadas na madrugada deste sábado, primeiro na região de Liège (leste) e depois no resto do país, provocando dificuldades nas estradas e aeroportos.

Na Itália, 65.000 pessoas se encontram sem luz depois de chuvas e ventos violentos em várias regiões do centro.

A Irlanda, que não conhecia uma onda de frio desse porte desde 1963, as nevascas da madruga obrigaram à suspensão do tráfego no aeroporto de Dublin.

As nevascas também atingiram a Polônia, onde, além de problemas de transporte, 25.000 famílias sofrem sem luz nas regiões de Kielce e de Katowice (sul).

bur-cyb/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG