Bruxelas, 2 set (EFE).- Protegidos com capacetes de segurança e se cobrindo com guarda-chuvas, vários parlamentares ironizaram hoje o desabamento do teto do plenário do Parlamento Europeu, em Estrasburgo (França), e reivindicaram uma sede única em Bruxelas para a instituição.

Os parlamentares chamaram a atenção de seus colegas durante a sessão de votações realizada hoje em Bruxelas.

A capital belga recebe esta semana os parlamentares por causa da impossibilidade de utilizar o prédio de Estrasburgo.

No dia 7 de agosto, uma parte do teto do plenário do Parlamento Europeu caiu sobre as cadeiras dos deputados por causas desconhecidas. Não havia ninguém no prédio na hora do desabamento.

Os parlamentares decidirão amanhã se a próxima sessão, no final do mês, acontecerá em Estrasburgo, mas várias fontes dizem que é provável que volte a acontecer em Bruxelas.

Enquanto isto, vários eurodeputados aproveitaram para voltar a reivindicar uma sede única em Bruxelas e denunciar o "desperdício" dos deslocamentos para a cidade francesa, onde os tratados estipulam que devem ser realizadas 12 sessões plenárias por ano.

Para que a mudança aconteça seria necessária uma reforma dos tratados europeus com o respaldo de todos os Estados-membros da União Européia (UE). EFE mvs/wr/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.