Eurocâmara aprova diretiva de retorno dos imigrantes sem mudanças

Estrasburgo (França), 18 jun (EFE).- O Parlamento Europeu (PE) aprovou hoje sem mudanças o projeto da diretiva de retorno de imigrantes ilegais, que prevê retê-los por um período máximo de até 18 meses em casos excepcionais.

EFE |

O texto recebeu 367 votos a favor, 206 contra e 109 abstenções, e saiu adiante graças ao apoio do Partido Popular Europeu, dos liberais e da direita nacionalista, que não aceitaram nenhuma das emendas colocadas pelos grupos de esquerda.

A norma da União Européia, que já recebeu o sinal verde dos Governos dos 27 países do bloco, entrará em vigor dois anos após sua publicação oficial. EFE mvs/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG