Bruxelas, 7 abr (EFE).- Piratas somalis seqüestraram hoje uma embarcação turca a 400 quilômetros do porto queniano de Mombaça com 25 tripulantes a bordo, confirmou a força naval da União Europeia (Eunavfor) para o combate a pirataria.

O ataque à embarcação Yassin C, que transportava 36 mil toneladas, ocorreu ao meio-dia e o primeiro aviso foi recebido pelo navio de guerra turco da Otan Gelibolu, que atua na região.

Com esta embarcação já são 17 os navios e 240 pessoas que estão em poder dos piratas nas últimas semanas no litoral somali.

Em comunicado, o centro de coordenação de resgates da marinha turca, informou sobre o sequestro do cargueiro Yassin C, precisando que foi atacado nesta manhã, embora a confirmação de que se tratava de piratas somalis só ocorreu mais tarde.

No momento do sequestro, a embarcação estava a 270 milhas náuticas do porto de Mombaça, onde se dirigia para entregar sua carga, procedente do porto ucraniano de Mariupol, segundo informaram as autoridades turcas. EFE lmi/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.