EUA voltam a ameçar impor novas sanções ao Irã

Washington, 22 dez (EFE).- A Casa Branca aumentou hoje a pressão para que o Irã responda à oferta internacional sobre seu programa nuclear antes do fim do ano, caso queira evitar a imposição de novas sanções.

EFE |

Desde sua chegada à Casa Branca, em janeiro deste ano, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, oferece ao Irã uma oportunidade de diálogo em troca da renúncia deste país às suas ambições nucleares.

Diante da falta de respostas, nesta terça-feira o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, fez a seguinte declaração em sua entrevista coletiva diária: "Oferecemos a eles a via do diálogo. Se não o aceitarem, consequentemente as potências internacionais vão agir".

Em seguida, o porta-voz afirmou que o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, declarou hoje que os EUA não estão em situação de impor um ultimato e deveriam mandar seus negociadores "mudarem de atitude".

Gibbs respondeu dizendo que Ahmadinejad pode não aceitar o prazo, mas que este "é muito real para a comunidade internacional". EFE mv/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG