EUA volta a condenar testes de mísseis feitos pela Coreia do Norte

Washington, 2 jul (EFE).- Os Estados Unidos consideraram hoje como perigosos e provocativos os testes com dois mísseis de curto alcance realizados hoje por Coreia do Norte.

EFE |

Os mísseis foram disparados da costa leste norte-coreana, no primeiro teste desde quando o Conselho de Segurança das Nações Unidas emitiu uma nova resolução e sanções adicionais contra o Governo de Pyongyang.

O porta-voz do Departamento de Estado americano, Ian Kelly, disse em uma conversa com jornalistas que esse tipo de atitude "não ajuda" a relaxar as tensões.

"A comunidade internacional falou em voz alta e a Coreia do Norte sabe exatamente o que tem que fazer; tem que acabar com estas ações provocativas", protestou Kelly.

Os mísseis percorreram uma distância de quase 100 quilômetros.

Por isso, pode se tratar de uma versão melhorada do modelo Silkworm ou KN-01, usado como míssil terra-mar contra navios.

Este lançamento de mísseis foi o primeiro desde que o Conselho de Segurança da ONU impôs em 12 de junho novas e mais duras sanções contra a Coreia do Norte por seu segundo teste nuclear, realizado em 25 de maio. EFE ojl/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG