EUA vigiam possível uso de blogs para fins terroristas

San Francisco, 27 out (EFE).- O popular serviço de microblogging Twitter poderia ser uma eficaz arma com fins terroristas, afirma um relatório do Exército americano divulgado hoje pela imprensa dos Estados Unidos.

EFE |

O relatório do Batalhão de Inteligência Militar número 304, publicado também no site da Federação Americana de Cientistas, adverte que o Twitter poderia ser utilizado por terroristas "para coordenar seus movimentos, atividades e ataques".

"O Twitter já está sendo usado por alguns membros para publicar e apoiar ideologias extremistas", assinala o texto, que diz ainda que o Exército encontrou, por exemplo, várias mensagens a favor e contra o grupo terrorista Hisbolá.

O Exército detalha no relatório vários cenários em que um grupo terrorista poderia utilizar este serviço de mini-blogs para perpetrar atentados.

Por exemplo, os terroristas poderiam usar telefones com acesso ao Twitter para comunicar movimentos de tropas para coordenar um ataque ou o momento de explosão de uma bomba, ou até para seguir os movimentos de membros do Exército que usam o serviço.

O Twitter é um popular serviço de microblogging com milhões de membros em que seus usuários comunicam ao resto da comunidade o que estão fazendo usando um máximo de 140 caracteres.

O serviço é utilizado cada vez mais por empresas e organizações como a Nasa, que o usou em junho passado para comunicar os detalhes da missão da sonda Phoenix Mars em Marte.

Recentemente, os membros do partido Republicano no Congresso usaram o Twitter para coordenar um protesto sobre uma lei à votação e algumas companhias como o fornecedor da internet e televisão a cabo "Comcast" o empregam para detectar reclamações de clientes. EFE pg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG