EUA vão lançar alerta contra viagens ao México por gripe suína

WASHINGTON (Reuters) - O Departamento de Estado norte-americano planeja lançar um alerta nesta segunda-feira conclamando os cidadãos do país a evitarem todas as viagens não essenciais ao México devido ao surto de gripe suína, disse uma autoridade dos EUA. A gripe suína matou 103 pessoas no México e se espalhou para os Estados Unidos. A Espanha registrou um caso do vírus, o primeiro confirmado na Europa.

Reuters |

"Haverá um alerta de viagem conclamando os americanos a evitarem todas as viagens não essenciais ao México por causa da gripe suína", disse um funcionário do governo dos EUA, sob condição de anonimato.

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse nesta segunda que as autoridades do país estão monitorando de perto os casos da doença, mas afirmou que não há razão para alarme até o momento.

"Isto é obviamente uma causa de preocupação e requer um estado de alerta elevado. Mas não é uma causa de alarme", disse Obama em um encontro na Academia Nacional de Ciências.

Os Estados Unidos declararam emergência de saúde pública no domingo, depois que 20 casos da nova gripe foram detectados no país. Não houve mortes registradas em solo norte-americano.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG