EUA utilizam satélites espiões para monitorar Exército iraquiano

Os Estados Unidos utilizam satélites espiões para monitorar os movimentos do Exército iraquiano, depois que uma ofensiva militar deste corpo em Basra pegou desprevenidos os comandantes americanos, informa o jornal Los Angeles Times.

AFP |

O jornal, que cita como fontes altos funcionários do governo americano, que não têm os nomes revelados, destaca que os satélites que serviram por duas décadas para monitorar o Iraque agora são usados para seguir o rastro do Exército deste país, mesmo quando as tropas americanas combatem a seu lado.

"Estão captando imagens de áreas de treinamento utilizadas pelo Exército iraquiano. Estão captando imagens de estradas pelas quais transitam os veículos blindados iraquianos", afirmou ao jornal um militar americano da reserva.

No entanto, o LA Times afirma que a tarefa de monitoração do Exército pode ser considerada um bom sinal, já que mostraria que as forças iraquianas ganham a independência que Washington deseja.

A vigilância teria sido intensificada depois que os americanos foram surpreendidos pela ofensiva iraquiana contra as milícias ligadas ao clérigo radical xiita chiita Moqtada al-Sadr em Basra, em março.

O general David Petraeus, comandante militar americano no Iraque, admitiu em abril que só tomou conhecimento da ofensiva três dias antes da mesma.

ar/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG