Washington, 17 abr (EFE).- Os Estados Unidos transferiu hoje suas condolências às vítimas do terremoto registrado em uma área tribal do Afeganistão que matou pelo menos 20 pessoas, e anunciou que um comboio com ajuda e médicos estava indo para a região.

"Transmitimos nossas condolências às vítimas do terremoto na província afegã de Nangarhar, especialmente aos feridos e às famílias daqueles que perderam a vida", disse o porta-voz interino do Departamento de Estado americano, Robert Wood.

O porta-voz disse que um comboio que transporta ajuda humanitária e pessoal médico dos EUA está a caminho da localidade atingida e deve chegar "em breve".

O terremoto, seguido de uma réplica, tinha uma magnitude de 5,1 graus na escala Richter e teve epicentro no distrito de Shirzad, situado na província de Nangarhar.

Pelo menos 20 pessoas morreram e 50 ficaram feridas, segundo o presidente afegão, Hamid Karzai.

O tremor em Shirzad atingiu especialmente um pequeno município da tribo nômade kuchi, que costuma habitar frágeis casas.

Esta é uma das várias tribos - todas de etnia pashtun - que vivem em Nangarhar, uma região afegã fronteiriça com o Paquistão que se encontra na grande cordilheira de Hindu Kush, que se estende do centro afegão até a Índia. EFE cae/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.