EUA transferirá detentos de Guantánamo para prisão no Illinois

Alguns prisioneiros atualmente mantidos no centro de detenção da base militar de Guantánamo, em Cuba, serão transferidos para uma prisão que o governo americano comprará no estado do Illinois, no norte dos Estados Unidos, informou um membro da administração Barack Obama.

AFP |

"Hoje, o governo anunciará que o presidente ordenou que o governo federal compre o Thomson Correctional Center em Illinois para abrigar prisioneiros federais e um número limitado de detentos da Baía de Guantánamo, em Cuba", disse a fonte, que pediu o anonimato.

"Fechar o centro de detenção em Guantánamo é essencial para proteger nossa segurança nacional e ajudar nossas tropas, tirando uma ferramenta mortífera de recrutamento das mãos da Al Qaeda", indicou.

O funcionário disse que a Casa Branca fará o anúncio oficial na próxima segunda-feira, e que a decisão é "um importante passo adiante em nosso trabalho para alcançar nossos objetivos de segurança nacional".

O jornal The Chicago Tribune publicou nesta terça-feira que a prisão do Illinois receberá entre 35 e 90 prisioneiros transferidos da polêmica prisão de Guantánamo, que o presidente Obama prometeu fechar.

Durante o governo de George W. Bush, os Estados Unidos mandou para Guantánamo centens de prisioneiros de sua "guerra contra o terror", sem julgamento, acusação ou acesso a advogados, condições denunciadas por organizações de defesa dos direitos humanos.

col/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG