EUA: Tiroteio em Pittsburgh mata 2 policiais

Washington, 4 abr (EFE).- Pelo menos dois policiais morreram e outros três ficaram feridos hoje em um tiroteio em um bairro de Pittsburgh, na Pensilvânia (EUA), que aconteceu depois que os agentes responderam a um telefonema de emergência por causa de uma briga doméstica, informaram as autoridades americanas.

EFE |

O chefe da Polícia de Pittsburgh, Nate Harper, confirmou a morte de dois agentes que foram à casa de onde veio a chamada no setor de Stanton Heights da cidade.

Harper disse que as autoridades detiveram o suspeito, "de cerca de 22 ou 23 anos", que havia se entrincheirado na casa.

Segundo Harper, o suspeito realizou vários disparos a partir de uma janela e, aparentemente, estava com um fuzil, uma pistola e "muita munição".

Acrescentou que uma equipe de negociadores conseguiu convencer o suspeito a se entregar às autoridades, mas disse que continuam as investigações do incidente, ocorrido por volta das 7h (8h de Brasília).

As autoridades não revelaram a identidade do suspeito nem a das vítimas, mas devem convocar uma entrevista coletiva ao longo do dia.

A rede de televisão "WTRF-TV" afirmou também que outros três policiais ficaram gravemente feridos.

Algumas testemunhas disseram à rede de televisão "CNN" que foram ouvidos pelo menos 80 disparos durante o confronto entre o homem e os policiais.

As imagens de televisão mostraram dezenas de veículos da Polícia e de equipes de emergência na área, que foi isolada pelas autoridades, enquanto continuam as investigações. EFE mp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG