EUA têm maior taxa de desemprego em quase cinco anos

A taxa de desemprego nos Estados Unidos atingiu 6,1% em agosto, o maior nível em quase cinco anos, segundo informações do Departamento do Trabalho divulgadas nesta sexta-feira. Segundo os dados, o país perdeu 84 mil postos de trabalho em agosto - o oitavo mês consecutivo de queda no número de vagas, aumentando o total de empregos eliminados em 2008 para cerca de 604 mil.

BBC Brasil |

O principal declínio no número de postos de trabalho foi registrado no setor automotivo, que eliminou cerca de 128 mil vagas, enquanto o setor manufatureiro perdeu 61 mil postos e em serviços profissionais e de negócios 51 mil vagas foram eliminadas.

Os dados indicam que, em agosto, o número de desempregados nos EUA subiu em 592 mil e atualmente o país conta com 9,4 milhões de pessoas sem emprego.

Temores

Os dados divulgados pelo governo contribuem para aumentar a preocupação com a capacidade da economia americana em evitar uma recessão.

No início da semana, o Federal Reserve, ou Fed, como é conhecido o Banco Central americano já havia anunciado que a atividade econômica no país permanecia fraca.

Segundo o correspondente da BBC para assuntos econômicos Andrew Walker, os dados reforçam a debilidade da economia americana, apesar do crescimento registrado no segundo trimestre.

Leia mais sobre EUA

    Leia tudo sobre: eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG