Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

EUA suspendem deportações de haitianos após terremoto

Washington, 13 jan (EFE).- O Governo dos Estados Unidos suspendeu hoje as deportações de haitianos como consequência do terremoto que abalou o país caribenho nesta terça-feira.

EFE |

A secretária de Segurança Nacional, Janet Napolitano, e o chefe do Serviço de Imigração e Alfândegas (ICE, na sigla em inglês), John Morton, "interromperam as deportações por enquanto em resposta à devastação causada pelo terremoto de ontem", informou o Governo em comunicado.

"O ICE continua acompanhando a situação de perto", acrescenta a declaração.

O aeroporto da capital haitiana, Porto Príncipe, que conta com apenas uma pista de aterrissagem, está aberto, mas a torre de controle não funciona, segundo as autoridades americanas.

O terremoto aconteceu às 19h53 (Brasília) de terça-feira e teve epicentro a 15 quilômetros de Porto Príncipe, com intensidade de 7 graus na escala Richter. O primeiro-ministro haitiano, Jean Max Bellerive, cifrou hoje em "centenas de milhares" o número de mortos.

O Exército brasileiro confirmou que pelo menos 11 militares do país que participam da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah) morreram em consequência do terremoto.

A brasileira Zilda Arns, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, ligada à Igreja Católica, também morreu no tremor. EFE cma/bba

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG