EUA sancionam dois altos funcionários da Venezuela por vínculo com as Farc

Washington, 12 set (EFE).- O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos acusou hoje dois altos funcionários venezuelanos de apoiar as atividades de narcotráfico das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e os colocou em sua lista negra de pessoas envolvidas no tráfico de drogas.

EFE |

Os funcionários são Hugo Armando Carvajal Barrios, chefe da Direção Geral de Inteligência Militar (DGIM), e Henry de Jesús Rangel Silva, outro alto diretor desse corpo. EFE cma/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG