EUA revelam nomes de soldados mortos por militar americano no Iraque

Washington, 13 mai (EFE).- O Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou hoje os nomes dos quatro soldados que morreram assassinados por um companheiro na base militar Liberty, no Iraque, entre os quais há um peruano.

EFE |

A identidade dos soldados foi divulgada dois dias depois que John M. Russell, um sargento de 44 anos a quem os médicos de Camp Liberty tinham recomendado ajuda psicológica, pegou uma arma e assassinou quatro colegas na clínica da base.

O Departamento de Defesa informou que os quatro falecidos eram o major Matthew P. Houseal, de 44 anos; o especialista Jacob D.

Barton, de 20; o soldado Michael E. Yates Jr, de 19, e o sargento peruano Christian E. Bueno-Galdos, de 25.

Embora não tenham sido dados muitos detalhes sobre as vítimas, o Departamento de Defesa explica Bueno-Galdos estava alocado a uma brigada de Infantaria em Grafenwoehr, Alemanha.

O "The New York Times" informa que Michael Edward Yates Jr., outro dos mortos, buscava ajuda na clínica, enquanto Matthew Houseal era um dos psiquiatras do local. EFE pgp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG