EUA reduzem expectativas de reunião com israelenses e palestinos

Washington, 30 jul (EFE) - A secretaria de Estado americana, Condoleezza Rice, se reuniu hoje em Washington com o principal negociador palestino, Ahmed Qorei, e com a ministra de Assuntos Exteriores de Israel, Tzipi Livni.

EFE |

O encontro, realizado a portas fechadas, começou às 14h (em Brasília) e, segundo o porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Sean McCormack, é "somente outra reunião no caminho" para um possível acordo de paz entre palestinos e israelenses.

"Não esperem qualquer anúncio hoje", advertiu McCormack antes do início das conversas.

Rice se reuniu na terça-feira à tarde e esta manhã separadamente com Qorei e Livni, respectivamente, para verificar de primeira mão em quais pontos coincidem ou divergem no processo de negociação.

O objetivo é "reunir as partes em um encontro trilateral para ajudá-las a superar as divergências e destacar áreas de convergência ou de acordo que talvez não sejam tão óbvias para eles", explicou McCormack.

"Vamos levá-los até seus limites para provar sua tolerância" nas negociações, ressaltou o porta-voz.

O encontro é o último de uma série de conversas de três lados que Rice manteve com israelenses e palestinos em Berlim, Paris e Jerusalém para desobstruir as negociações que, por enquanto, não produziram resultados tangíveis.

Os poucos resultados conseguidos desde que os Estados Unidos lançaram, em novembro, em Annapolis, um novo processo de negociações no Oriente Médio afetaram o otimismo inicial de que é possível alcançar um acordo até o fim do ano.

"Nosso objetivo continua sendo o de alcançar, este ano, um acordo que cubra todos os aspectos essenciais", assinalou McCormack, que antecipou que Rice viajará provavelmente até o final do ano de novo ao Oriente Médio para prosseguir com as conversas. EFE cae/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG