Tamanho do texto

Os Estados Unidos estão rearmando a Geórgia com o pretexto de brindar assistência humanitária, disse neste sábado o presidente russo, Dimitri Medvedev.

"O rearmamento do regime georgiano continua, inclusive sob o pretexto da ajuda humanitária. Enviaram toda uma frota para dar assistência humanitária", disse Medvedev referindo-se aos EUA, em uma reunião de funcionários russos no Kremlin.

"Eu me pergunto como reagiriam se nós enviássemos ajuda humanitária, utilizando nossa marinha, aos países do Caribe recentemente afetados pelos furacões", acrescentou o presidente russo.

"Estamos vivendo agora um momento de verdade. O mundo mudou depois de 8 de agosto", disse, referindo-se à data do início do conflito entre Moscou e Tbilisi no território separatista georgiano da Ossétia do Sul.

O envio de ajuda humanitária à Geórgia faz parte da pressão política do Ocidente, disse Medvedev, um dia depois da chegada à Geórgia do navio almirante americano USS Mount Whitney, que irritou Moscou.

O departamento de Estado americano rejeitou as críticas russas, dizendo que elas não têm "fundamento".

uh/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.