Tamanho do texto

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos decidiram expulsar o embaixador da Bolívia, informou o Departamento de Estado na quinta-feira. A medida veio em resposta à medida anunciada por La Paz na véspera de expulsar o enviado norte-americano, acusando-o de instigar protestos contra o governo boliviano. Washington afirma que as acusações são infundadas.

'Em resposta à ação injustificada e de acordo com a convenção de Viena, nós informamos oficialmente o governo da Bolívia de nossa decisão de declarar o embaixador Gustavo Guzman persona non-grata', disse um comunicado do Departamento de Estado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.