EUA reabrirá colégios fechados por causa da gripe

Washington, 8 mai (EFE).- Os colégios dos Estados Unidos que ainda permanecem fechados para prevenir o contágio da gripe suína reabrirão suas portas entre segunda-feira e terça-feira, informou hoje em comunicado o Departamento de Educação do país.

EFE |

O primeiro passo para a reabertura foi dado hoje no estado do Texas, onde mais de 81 mil estudantes e quase cinco mil professores voltaram às salas de aula das 155 escolas que retomaram suas atividades nesta manhã.

No entanto, segundo dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), ainda restam 166 colégios fechados por razões relacionadas à gripe A no Distrito de Columbia e nos estados do Texas, Arizona e Nova York.

Destes, 81 reabrirão na segunda-feira, enquanto que os 85 restantes, localizados em três distritos do Texas, devem voltar à normalidade na terça-feira.

A professora Judy Trunnell, que se tornou na terça-feira a segunda vítima fatal da gripe nos EUA, trabalhava em um destes distritos do Texas.

Embora as duas mortes registradas pelo vírus ainda sejam pouco perto das 45 confirmadas no México, os EUA já superaram o país vizinho no número de afetados pela doença, com 1.639 registrados em 43 estados, segundo o último relatório do CDC.

O grande aumento no número de casos confirmados não corresponde necessariamente a novos registros, mas, em parte, à atualização da base de dados.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE llb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG