EUA querem resposta do CS da ONU a míssil lançado por Coreia do Norte

Washington, 6 abr (EFE).- Os Estados Unidos querem que o Conselho de Segurança da ONU responda firmemente ao lançamento de míssil de longo alcance realizado no domingo passado pela Coreia do Norte, disseram hoje fontes oficiais.

EFE |

"Queremos a resposta mais forte que possamos obter do Conselho de Segurança", disse o porta-voz-adjunto do Departamento de Estado, Robert Wood.

Após o lançamento do míssil, o Conselho de Segurança convocou uma reunião extraordinária que terminou sem consenso e sem decidir a ação que tomará contra Pyongyang.

De acordo com Wood, a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, manteve conversas telefônicas com seus colegas de Japão, Coreia do Sul, China e Rússia.

O porta-voz, que não quis especificar se os Estados Unidos buscam novas sanções para a Coreia do Norte, afirmou que procurará o apoio dos aliados no Conselho de Segurança da ONU para dar uma resposta "firme, coordenada e efetiva".

"O importante é que enviemos uma mensagem ao norte no sentido de que este tipo de comportamento é provocativo, que não pode ocorrer outra vez", disse o porta-voz, que assegurou que "este tipo de ações só vai além no isolamento da Coreia do Norte".

"Queremos levar o tempo que for necessário para ser o mais determinante e dar a resposta mais eficaz que pudermos", afirmou.

EFE elv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG