EUA quer paralisação de 4 meses em construções em Jerusalém

JERUSALÉM (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, quer que Israel interrompa as construções em assentamentos no leste de Jerusalém por quatro meses, numa tentativa de retomar as negociações de paz entre israelenses e palestinos, publicou um jornal de Israel nesta quarta-feira. Washington espera que um acordo assim poderia convencer os palestinos a retomar negociações diretas, em vez do diálogo indireto, disse o jornal Haaretz, citando sem identificar uma fonte política israelense.

Reuters |

Um porta-voz do premiê israelense, Benjamin Netanyahu, não quis comentar a matéria do jornal.

Perguntado sobre o assunto, Nabil Abu Rdainah, assessor do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, disse: "O que é preciso antes do retorno a negociações, diretas ou indiretas, é interromper os assentamentos em Jerusalém e no resto da Cisjordânia."

Obama tem pressionado Israel para parar de construir no leste de Jerusalém, que foi anexado junto com a Cisjordânia na guerra de 1967.

Autoridades afirmaram que ele pediu a Netanyahu na semana passada em Washington para que, com um gesto de boa-vontade, o premiê ajude a convencer os palestinos a retomar as negociações de paz, suspensas desde dezembro de 2008.

Israel considera toda a Jerusalém a sua capital, algo que não tem reconhecimento internacional. Os palestinos querem o leste de Jerusalém como a capital do Estado que eles esperam estabelecer nas ocupadas Cisjordânia e Faixa de Gaza.

Netanyahu, que tem resistido às pressões dos EUA, realizou duas consultas ao seu gabinete sobre as propostas de Washington, mas não chegou a conclusões. Segundo autoridades, as discussões continuam.

O Haaretz afirmou que um consenso entre ministros é que Israel deve evitar declarar uma completa paralisação nas construções e deve procurar um "entendimento silencioso" sobre o tema.

(Reportagem adicional por Ali Sawafta, em Ramallah)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG